Canguçu recebe mais uma edição do circuito Dandô neste mês

Tilika da Luz será a apresentação principal do evento, no próximo dia 25. (Foto: Reprodução)

Canguçu receberá mais uma edição do circuito Dandô neste mês. A artista Tilika da Luz será a grande atração da noite, com show de abertura da compositora canguçuense Tatiana Pureza. O evento será realizado no salão do Hotel Canguçu, no dia 25, às 20h.

Os ingressos custam R$ 15 e podem ser adquiridos virtualmente com a organização.

“Luz e Cor” é o primeiro trabalho autoral de Tilika da Luz, com canções povoadas por, ritmos, histórias vividas, sentidas no seu andejar pelo mundo e pela poesia da própria vida. Com um tempero latino inspirado na vida e obra de Manet, Tilika imprimiu em “Luz e Cor” suas memórias, impressões, experiências e como o próprio pintor ela se permitiu acreditar, exalar sua temple, força, revelar suas bagagens, riquezas e amores.

Tilika da Luz nasceu Donatila Terezinha da Luz, no Vale Alto do Uruguai, divisa do Brasil com a Argentina. Desde cedo a música está em sua vida e junto com seus irmãos viajou pelas estradas do Brasil levando a música regional do Rio Grande do Sul.

Musicista, instrumentista e compositora, Tilika traz na veia o vento das milongas e chacareiras dos compositores costeiros, impregnadas do ambiente e de uma mistura que contagia com seu tempero latino.

Em meados dos anos 80, ela expande fronteiras e enriquece o currículo com suas apresentações pelos diversos palcos por onde andou nas Américas – Uruguai, Argentina, Chile, México, Estados Unidos e Brasil.

Orgulhosa de sua latinidade, declara que bebeu àgua da fonte dos grandes poetas e compositores como: Joaquin Sabina, Fito Paes, Caetano, Alejandro Sanz, e outros.

Tilika da Luz, compõe, canta suas próprias composições e de outros artistas, para contar coisas sobre o planeta, o amor e a vida.

O circuito

O Dandô reúne cantadores e músicos de várias gerações, estilos, e culturas de
diferentes lugares do Brasil. O circuito promove: encontros, trocas e reflexões sobre a
música de forma coletiva e colaborativa, busca uma interação musical entre artistas e
público, proporciona às pessoas o acesso à música de qualidade produzida fora da indústria
cultural de massa, além de promover espaços de reflexão e formação durante cada
apresentação.

Enviar comentário

Envie um comentário!
Digite o seu nome