Quarta, 19 de dezembro de 2018, 10:51h


Publicidade

Tordilho
Sicredi

Este conteúdo precisa do Adobe Flash Player instalado.

Get Adobe Flash player


Newsletter

Jornal Tradição

Ano XII - Número 638 dezembro - 2018

Fechar X

Ano XII - Número 638

dezembro - 2018


Galerias

Publicidade

Especiais

Jornal Tradição

Caderno Agronegócio - Edição IV 2018/11

Receitas

Pêssego Trufado

Assine


Home Saude

Saúde

02-03-2018

Piratini: Sem recursos e sem previsão de nova ambulância para o Samu

Foto: Nael Rosa/JTR Município aguarda, como outras cidades, a reposição da frota

O governo do Estado tem em dívida R$ 3,9 milhões - a grande parte desta soma atrasada desde 2014 - aos 13 municípios regidos pela 3ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS). Mais de um terço da dívida é com Pelotas, cidade base regional para a central de regulação do serviço de urgência e emergência. Na medida em que atrasa com a metrópole reguladora, os municípios menores sofrem tanto quanto os outros com a falta de repasses, o que não é diferente com Piratini.


A equipe de atendimento no município ainda está funcionando porque é mantida com o salário oriundo de valores mensais serem sacados dos cofres públicos mensalmente, o que, certamente, agrava a situação das contas devidas pelo governo local que, diante da crise nacional, necessita buscar equilíbrio para manter, por exemplo, a folha de pagamento do funcionalismo em dia.



“O governo prometeu quitar, em breve, a dívida com os municípios atendentes, e Piratini tem a receber R$ 120 mil, referente a 2015, 2016 e 2017, sendo que em 2018 nada foi pago”, revelou o secretário de Saúde, Diego Espíndola.


Reposição da ambulância


Dizer que a ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) já não é compatível com os serviços prestados, pois os mesmos são cercados de normas, não seria exagero, já que não são poucas as vezes em que ela, por ter que passar por reparos, é substituída por outros modelos pertencentes à Prefeitura e que não seguem as normas exigidas para atendimento de urgência e emergência.


Para essa carência, uma incógnita: quando será que chegará a vez de Piratini ser contemplada com um novo veículo? Não há previsão, segundo o que se limita a dizer, hoje, o responsável pela pasta. “Nós, assim como outras cidades do Estado, estamos aguardando a reposição de frota. O governo encomendou à Mercedez, empresa vencedora da licitação, 450 novas unidades, e, destas, a fábrica só entregou 100”, lamenta Espíndola. 


Redator: Tradição Regional



Piratini: Sem recursos e sem previsão de nova ambulância para o Samu


Outras notícias desta editoria

Comentários (0)





Fechar  X

Piratini: Sem recursos e sem previsão de nova ambulância para o Samu





O Jornal Tradição Regional não se responsabiliza pelo conteúdo do comentário e se reserva ao direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.


Serão vetadas as mensagens que:


  • Não tratarem do tema abordado na notícia;
  • Sejam repetidas as enviadas pelo mesmo leitor, ainda que com outras palavras;
  • Tenham intenção publicitária, de propaganda partidária, eleitoral ou comercial;
  • Tenham conteúdo ou termos obscenos ou ofensivos;
  • Incentivem racismo, discriminação, violência, medo ou outros crimes;
  • Promovam participação de correntes, spams ou lixo eletrônico.


As opiniões expostas não representam o posicionamento do Jornal Tradição Regional, que não se responsabiliza por eventuais danos causados pelos comentários. A responsabilidade civil e penal pelos comentários é dos respectivos autores. O usuário tem ciência e concorda expressamente com a prerrogativa de restringir quaisquer conteúdos que violem ou que possam ser interpretados como violadores às disposições do presente instrumento.

Enviado com sucesso!

Em breve, o Jornal Tradição
Regional entrará em
contato com vocé.

ok

Fechar  X

Piratini: Sem recursos e sem previsão de nova ambulância para o Samu


Enviado com sucesso!

ok


Jornal Tradição Regional - O elo da notícia até você.

Av. Imperador Dom Pedro I, 1886, sala 1 - Bairro Fragata - CEP: 96030-350 - Pelotas/RS

E-mail: jornaltradicao@jornaltradicao.com.br / Telefone: (53) 3281 1514

© Todos os direitos reservados