Quarta, 19 de setembro de 2018, 06:53h


Publicidade

Sicredi
Tordilho

Este conteúdo precisa do Adobe Flash Player instalado.

Get Adobe Flash player


Newsletter

Jornal Tradição

Ano XIII - Número 625 setembro - 2018

Fechar X

Ano XIII - Número 625

setembro - 2018


Galerias

Publicidade

Especiais

Jornal Tradição

Caderno Especial Semana Farroupilha 2018 2018/09

Receitas

Bolo Brownie

Assine


Home Rural

Rural

20-02-2018

Arroio Grande: Baixos preços e clima preocupam o setor produtivo do arroz


Foto: Rafael Viana/JTR Entidades representativas da classe arrozeira participaram de uma sesso na Cmara de Vereadores

Mais de R$ 300 milhões são injetados anualmente na economia do município de Arroio Grande, fruto da produção de arroz. O setor é a principal mola propulsora que alavanca a economia local.


No entanto, não é de hoje que o setor arrozeiro passa por dificuldades em relação ao preço, políticas que não beneficiam a produção e a situação climática que afeta atualmente a Região sul com a falta de chuva, prejudicando de forma direta a irrigação das lavouras.



Diante disso, as entidades representativas da classe arrozeira, através do Sindicato dos Rural, Associação dos Arrozeiros e Instituto Rio-grandense do Arroz (IRGA), participaram da sessão ordinária na Câmara de Vereadores, na última segunda-feira (19).


Na ocasião, alguns dados foram repassados ao Legislativo Municipal. O presidente da Associação dos Arrozeiros, Élton Machado, destacou que entre 2016 e 2017 deixaram de circular R$ 45 milhões no município, tudo isso frente à desvalorização do produto. Porém, o impacto econômico foi menor, pois o Arroio Grande alcançou bons níveis de produção.


Os dados atuais mostram uma defasagem de mais de 30% no valor de venda, fazendo com que a luta pela valorização do produto seja motivo de reivindicação por parte da classe. "A nossa luta é pela valorização do produto", afirma Machado.


Em reunião realizada com os produtores, alguns pleitos foram encaminhados em termos de apoio político, dentre eles: valorização do produto, definição de um preço mínimo e que seja cumprida a instrução normativa para a efetivação dos descontos.


Outro fator que compromete a situação dos preços, é a entrada de arroz beneficiado direto do Paraguai, que acaba sendo comercializado livre de impostos, não atendendo o padrão de qualidade estipulado pela Anvisa.


Já o representante do IRGA, Edinei Botelho, atenta para um dado preocupante ao destacar que se observou uma queda de produtores na atividade, e por consequência, uma redução significativa de área plantada. No serviço de assistência técnica prestada pela entidade, existe uma preocupação pontual com o clima, já que com a estiagem e os dias com registro de baixas temperaturas dificultaram de maneira técnica a produção.


O Sindicato Rural tem se colocado a disposição dos pleitos envolvendo o assunto. O presidente do Sindicato Rural, Ladislau Silveira, reforça a preocupação com a situação climática e que Arroio Grande, representado por quase 200 produtores de Arroz, o reflexo dos baixos preços impacta de forma significativa o setor.


Por fim, os líderes das entidades representativas dos produtores, manifestaram aos vereadores o pedido para que levem o pleito até as classes políticas em nível de Estado e Federação, como forma de buscar uma solução urgente para a situação. 


Redator: Tradio Regional



Arroio Grande: Baixos preços e clima preocupam o setor produtivo do arroz


Outras notícias desta editoria

Comentários (0)





Fechar  X

Arroio Grande: Baixos preços e clima preocupam o setor produtivo do arroz





O Jornal Tradição Regional não se responsabiliza pelo conteúdo do comentário e se reserva ao direito de eliminar, sem aviso prévio ao usuário, aqueles em desacordo com as normas do site ou com as leis brasileiras.


Serão vetadas as mensagens que:


  • Não tratarem do tema abordado na notícia;
  • Sejam repetidas as enviadas pelo mesmo leitor, ainda que com outras palavras;
  • Tenham intenção publicitária, de propaganda partidária, eleitoral ou comercial;
  • Tenham conteúdo ou termos obscenos ou ofensivos;
  • Incentivem racismo, discriminação, violência, medo ou outros crimes;
  • Promovam participação de correntes, spams ou lixo eletrônico.


As opiniões expostas não representam o posicionamento do Jornal Tradição Regional, que não se responsabiliza por eventuais danos causados pelos comentários. A responsabilidade civil e penal pelos comentários é dos respectivos autores. O usuário tem ciência e concorda expressamente com a prerrogativa de restringir quaisquer conteúdos que violem ou que possam ser interpretados como violadores às disposições do presente instrumento.

Enviado com sucesso!

Em breve, o Jornal Tradição
Regional entrará em
contato com vocé.

ok

Fechar  X

Arroio Grande: Baixos preços e clima preocupam o setor produtivo do arroz


Enviado com sucesso!

ok


Jornal Tradição Regional - O elo da notícia até você.

Av. Imperador Dom Pedro I, 1886, sala 1 - Bairro Fragata - CEP: 96030-350 - Pelotas/RS

E-mail: jornaltradicao@jornaltradicao.com.br / Telefone: (53) 3281 1514

© Todos os direitos reservados