Domingo, 24 de junho de 2018, 23:13h


Publicidade

Trilegal
Sicredi
Tordilho

Este conteúdo precisa do Adobe Flash Player instalado.

Get Adobe Flash player


Newsletter

Jornal Tradição

Ano XIII - Número 613 junho - 2018

Fechar X

Ano XIII - Número 613

junho - 2018


Galerias

Publicidade

Especiais

Jornal Tradição

Caderno Especial 161 anos de Canguçu 2018/06

Receitas

Sopa paraguaia

Assine


Espaço do Leitor

Artigo do leitor

22-10-2016 Ambiente equilibrado é atributo da vida saudável

O ambiente molda as pessoas influenciando na sua saúde, atividades e negócios. Os diversos fatores que determinam as condições do ambiente físico também acabam moldando os seres vivos que nele permanecem. Desta forma, algumas espécies se adaptam ao clima dos desertos escaldantes e outras às regiões geladas. O homem tem a capacidade de se adaptar aos diversos microclimas do planeta. No entanto, existem alguns fatores ambientais, aos quais o homem não consegue se adaptar de forma saudável. As radiações, os campos elétricos e os campos eletromagnéticos são fatores do ambiente que interferem na saúde das pessoas por ligações iônicas e por ressonância.
As radiações no ambiente se multiplicaram mais de 250 mil vezes, nos últimos 30 anos, em função da crescente quantidade de telefones celulares, computadores, internet e outros equipamentos eletroeletrônicos. A partir da invenção da eletricidade, a poluição eletromagnética só tem aumentado. Porém, as radiações eletromagnéticas são apenas uma pequena parte das influências do ambiente na vida das pessoas. Outras formas de energias sutis têm poder de alterar comportamentos, pensamentos e emoções, ou seja, causar alterações na saúde das pessoas e até influenciar no andamento dos negócios e resultados das empresas. Influenciam diretamente na qualidade de vida saudável das pessoas.
Tudo o que existe é energia. A matéria é energia condensada. Partindo desta premissa, podemos afirmar que tudo o que existe forma um sistema, pois tudo interfere em tudo. Esta interação forma a energia sistêmica do ambiente e, por estar inserido neste ambiente, o homem influencia e é influenciado.
O processo vital humano é uma relação elétrica e química com o ambiente. O ato de respirar é uma troca de cargas elétricas. As radiações ionizantes, utilizadas em aparelhos de Raio X, por exemplo, têm energia suficiente para ionizar átomos e moléculas, causando alterações nas células e no DNA. Contudo, a sua utilização em ambientes controlados fica dentro de uma margem considerada segura. Por outro lado, as radiações não-ionizantes ao atingir o átomo, não têm a capacidade de ionizá-lo, mas provocam a sua excitação. Em outras palavras, causam a sua perturbação promovendo alterações. O tempo de exposição a estas radiações pode provocar alterações no DNA, causando mutações. O problema é que as radiações não ionizantes estão em todos os ambientes e de forma descontrolada.
O corpo humano tem em sua constituição, em média, 70% de água. O cientista japonês Masaru Emoto demonstrou como o efeito de determinados sons, palavras, pensamentos e sentimentos alteram a estrutura molecular da água. Isto prova que o ambiente pode interferir nas moléculas do corpo humano provocando alterações.
Portanto, o ambiente, por meio dos seus fatores eletromagnéticos e vibracionais, interfere na saúde do homem, podendo causar mutações. Todavia, este ambiente pode ser mudado e, desta forma, mudar também os resultados. Tudo pode ser mudado.
Isnar Amaral – Consultor ambiental
isnaramaral@ambientebasico.com.br
www.ambientebasico.com.br

Ambiente equilibrado é atributo da vida saudável, tem - anos, é Geobiólogo e consultor ambiental e mora em Porto Alegre.




Jornal Tradição Regional - O elo da notícia até você.

Av. Imperador Dom Pedro I, 1886, sala 1 - Bairro Fragata - CEP: 96030-350 - Pelotas/RS

E-mail: jornaltradicao@jornaltradicao.com.br / Telefone: (53) 3281 1514

© Todos os direitos reservados