Quarta, 19 de setembro de 2018, 02:59h


Publicidade

Sicredi
Tordilho

Este conteúdo precisa do Adobe Flash Player instalado.

Get Adobe Flash player


Newsletter

Jornal Tradição

Ano XIII - Número 625 setembro - 2018

Fechar X

Ano XIII - Número 625

setembro - 2018


Galerias

Publicidade

Especiais

Jornal Tradição

Caderno Especial Semana Farroupilha 2018 2018/09

Receitas

Bolo Brownie

Assine


Home Colunistas

Hora Luterana

2014-01-27 Maldade Humana

Os relatos das decapitações no Presídio de Pedrinhas no Maranhão, as recorrentes histórias de estupros coletivos na Índia e os infinitos relatos de fraudes nos fazem pensar sobre a relação da maldade com o ser humano. De onde provém tanta maldade? De onde provém tanta brutalidade?

Veículos de comunicação noticiam que oitenta polícias e bombeiros reformados de Nova Iorque foram acusados de fraude. Diziam-se traumatizados por trabalharem no fatídico 11 de setembro de 2001, no entanto foram flagrados aproveitando a vida demonstrando extrema saúde. Ou seja, estavam ganhando dinheiro em cima de uma desgraça.

Este é apenas um exemplo de que a corrupção não exclusividade brasileira, mas que a maldade corrompe toda a humanidade. O que dizer diante destas coisas? Que ser é esse que chamamos de humano? Ele é bom? Ele é mau?

Jesus contou uma parábola em que um homem bom plantou boas sementes em sua boa terra. Porém, à noite, enquanto ninguém via, um inimigo plantou sementes ruins chamadas joio (Mt 13.24-30).  A parábola do joio e do trigo nos explica que a maldade nasce da ação do inimigo (diabo), que é quem semeia o joio. Porém, a Bíblia ainda nos ensina que o pecado contaminou a humanidade. De forma que já nascemos em pecado (Sl 51.5). Está também escrito em Mateus 15.19: “Porque é do coração que vêm os maus pensamentos, os crimes de morte, os adultérios, as imoralidades sexuais, os roubos, as mentiras e as calúnias”.

Para resgatar a humanidade segundo o projeto de Deus, Jesus nasce como homem. Vive o amor de maneira perfeita. Prevalece contra o mal. Sofre a consequência da maldade que é a morte, e vence a morte, ressuscitando. Aquilo que nenhum outro ser humano poderia conquistar, Ele conquistou, redimindo a humanidade. Agora ele oferece o seu Espírito, para lutarmos contra o mal e recebermos por meio da fé, a Vida Eterna em um lugar sem lágrimas, dor e doenças. Num lugar onde o mal não existe.

Porém, ficar esperando passivamente este lugar é maldade pura. Cada um dos tocados pelo Espírito de Deus é convocado a lutar contra o mal, semeando a justiça pela educação e ensino constante. A Palavra de Deus é a espada para esta luta e a força para a vitória, sempre vem do alto, dos céus, da origem de toda a bondade. 

Pastor Ismar Pinz

ismarpinz@gmail.com

Comentários (0)





Fechar  X

Maldade Humana




Enviado com sucesso!

Em breve, o Jornal Tradição
Regional entrará em
contato com vocé.

ok

www.horaluterana.org.br

Arquivo

Publicidade

Publicidade



Jornal Tradição Regional - O elo da notícia até você.

Av. Imperador Dom Pedro I, 1886, sala 1 - Bairro Fragata - CEP: 96030-350 - Pelotas/RS

E-mail: jornaltradicao@jornaltradicao.com.br / Telefone: (53) 3281 1514

© Todos os direitos reservados