Quarta, 19 de setembro de 2018, 04:55h


Publicidade

Sicredi
Tordilho

Este conteúdo precisa do Adobe Flash Player instalado.

Get Adobe Flash player


Newsletter

Jornal Tradição

Ano XIII - Número 625 setembro - 2018

Fechar X

Ano XIII - Número 625

setembro - 2018


Galerias

Publicidade

Especiais

Jornal Tradição

Caderno Especial Semana Farroupilha 2018 2018/09

Receitas

Bolo Brownie

Assine


Home Colunistas

Versão do Fato

2015-08-17 Um lugar para mergulhar na história

Quem olha da praça Coronel Pedro Osório em direção ao Mercado Central pode desviar o olhar e, ao lado da Prefeitura, vai encontrar uma respeitável senhora que, em novembro, chega aos seus 140 anos: a Bibliotheca Pública Pelotense. Um lugar privilegiado sob todos os aspectos: muitos chegam ali para ler os jornais do dia, fazer pesquisas, retirar algum livro. Mas também há os que entram apenas para encontrar um pouco de sossego, no coração da cidade, admirar sua arquitetura exuberante ou beber um pouco da cultura que escorre por suas linhas, ao mesmo tempo clássicas e acolhedoras.

Nos primórdios, pelos idos de 1875, a Maçonaria tinha a intenção de que, a partir da Bibliotheca, em contrapartida à Igreja Católica, ali se fizesse a formação das massas trabalhadoras, o proletariado. E a história foi pródiga: dali nasceram muitas instituições educacionais, abriu-se espaço para atividades comunitárias, assim como a discussão sobre a libertação dos escravos e a proclamação da República. Não é pouco para uma instituição da comunidade, que não tem nenhuma vinculação administrativa com a Prefeitura, Estado ou União.

Depois de conversar com a presidente Lisarb [Crespo da Costa], passei a ter contato com a equipe que toca suas atividades, em trabalho voluntário de consultoria. A Bibliotheca, tendo superado os problemas estruturais, introduz a modernização, prestando um serviço mais completo, especialmente para aqueles que buscam no seu acervo elementos para clarear a história e nos colocar no patamar dos países que preservam seus registros, jeito mais seguro de construir um futuro e a identidade de uma nação.

Entre a parte que fica no porão - um rico e bem conservado museu - passando pelo andar dos livros, revistas e jornais, chega-se à área em que um amplo espaço permite eventos culturais de porte, colocando em evidências as artes das letras, mas também da pintura, da escultura e da multimídia. O contraste é evidente quando se pode sentir, na ponta do dedo, as páginas dos jornais que fizeram a história da cidade e da região, mas também se vislumbra pelos corredores ou nos nichos laterais, pessoas que navegam pela internet.

Não há como não se mostrar simpático a uma causa que deveria ser de todos, mas que ainda pode ser bem mais conhecida. Seguidamente, falo com pessoas que não têm a menor ideia do que se passa entre aquelas paredes. Algumas ainda têm uma vaga lembrança do tempo em que a Câmara de Vereadores passou por ali. Hoje, no entanto, a Bibliotheca voltou a ser aquilo que é a sua vocação: comunitária, servindo à cultura e ampliando os horizontes de conhecimento da população.

Ao ouvir o balbucio de crianças e jovens que entram pela primeira vez naquele local, encantadas com os seus espaços e as peças históricas que as acompanham ao longo das escadas, salões, entalhes e arranjos, faz-se o encontro entre as muitas gerações. O sonho acalentado por seus criadores de colocar cultura e conhecimento à disposição das pessoas, indistintamente. Confirma aquilo que, no dizer do poetinha Mario Quintana tem o condão de ser transformador, o livro: "livros não mudam o mundo, quem muda o mundo são as pessoas. Os livros só mudam as pessoas".

Comentários (0)





Fechar  X

Um lugar para mergulhar na história




Enviado com sucesso!

Em breve, o Jornal Tradição
Regional entrará em
contato com vocé.

ok

Manoel Jesus

Educador

manoeljss@hotmail.com

Arquivo

Publicidade

Publicidade



Jornal Tradição Regional - O elo da notícia até você.

Av. Imperador Dom Pedro I, 1886, sala 1 - Bairro Fragata - CEP: 96030-350 - Pelotas/RS

E-mail: jornaltradicao@jornaltradicao.com.br / Telefone: (53) 3281 1514

© Todos os direitos reservados