Segunda, 25 de junho de 2018, 14:53h


Publicidade

Trilegal
Sicredi
Tordilho

Este conteúdo precisa do Adobe Flash Player instalado.

Get Adobe Flash player


Newsletter

Jornal Tradição

Ano XIII - Número 613 junho - 2018

Fechar X

Ano XIII - Número 613

junho - 2018


Galerias

Publicidade

Especiais

Jornal Tradição

Caderno Especial 161 anos de Canguçu 2018/06

Receitas

Sopa paraguaia

Assine


Home Colunistas

Versão do Fato

2012-10-26 Chapeuzinho Vermelho, com uma muleta, passou por aqui

Reportagem de televisão apresentou um fisioterapeuta trabalhando com crianças deficientes. Passado o tempo, sentiu necessidade de trabalhar o imaginário dos pequeninos, mas encontrava dificuldade nas histórias contadas para os "normais", pois os personagens também eram "normais", fora do mundo infantil no qual viviam crianças em tratamento.

Então, teve a ideia: os personagens poderiam ser adaptados e aparecerem em situações do dia a dia das crianças com as quais trabalhava com os mesmos problemas que enfrentavam e as mesmas sequelas: a ideia era hilária, mas se mostrou capaz de fazer com que as crianças criassem empatia com aquelas figuras comuns no imaginário, mas que nunca tinham sido vistas enfrentando problemas físicos!

Levou para seus livros personagens com os mesmos problemas: pernas amputadas, deficiências de locomoção, visão, audição etc. A mudança entre as crianças foi muito grande e se deu conta de que atraia também as crianças "normais".

Para as deficientes, viu seus mundos se encherem de alegria e conseguiam uma empatia maior com personagens que viviam, enfrentavam e conviviam com seus problemas do dia a dia.

Para as "normais", passavam a conviver com pessoas "diferentes", mas que não precisavam ser excluídas e, sim, aceitas, e tratadas dentro de suas deficiências com amor e respeito.

Conseguiu resgatar para o convívio social aqueles a quem a vida deu mais dificuldade e criar uma consciência de inclusão social naqueles a quem a vida abençoou fisicamente.

Deixou a lição de que nossas diferenças desaparecem quando colocamos no horizonte que o mais importante é sermos pessoas, com nossos problemas e sonhos, lágrimas e o riso límpido de uma criança que vê o esforço para lhe sedimentar um presente, mas também alcançar um futuro que é plenamente possível: Chapeuzinho Vermelho, com uma muleta, passou por aqui! 

Comentários (0)





Fechar  X

Chapeuzinho Vermelho, com uma muleta, passou por aqui




Enviado com sucesso!

Em breve, o Jornal Tradição
Regional entrará em
contato com vocé.

ok

Manoel Jesus

Educador

manoeljss@hotmail.com

Arquivo

Publicidade

Publicidade



Jornal Tradição Regional - O elo da notícia até você.

Av. Imperador Dom Pedro I, 1886, sala 1 - Bairro Fragata - CEP: 96030-350 - Pelotas/RS

E-mail: jornaltradicao@jornaltradicao.com.br / Telefone: (53) 3281 1514

© Todos os direitos reservados