Quarta, 19 de dezembro de 2018, 13:00h


Publicidade

Tordilho
Sicredi

Este conteúdo precisa do Adobe Flash Player instalado.

Get Adobe Flash player


Newsletter

Jornal Tradição

Ano XII - Número 638 dezembro - 2018

Fechar X

Ano XII - Número 638

dezembro - 2018


Galerias

Publicidade

Especiais

Jornal Tradição

Caderno Agronegcio - Edio IV 2018/11

Receitas

Pssego Trufado

Assine


Home Colunistas

Buenas...

2012-01-27 Feovelha x Cacimbinhas

 É, está ai mais uma edição dessa que é uma das maiores e mais bem organizadas feiras de ovinos do mundo. É impressionante o trabalho realizado, a garra, vontade de que dê certo e graças a Deus e a eles sempre dá.

Feovelha II

Um município começa sua decadência quando abandona seus eventos tradicionais. Aqueles que mostram a sua realidade, os que produzem de fato e fazem girar a economia local. Pinheiro Machado se notabiliza pela valorização da feira que se fortalece a cada ano. Diria que dá de relho na matungada.

Comparsa, o festival

Os fortes sobrevivem. Estão ai de cola em pé, descascando corunilha a ‘puaço’ no mais, como fazia o Batará, galo de rinha das confianças do finado Noel Guarani.

Comparsa II

Grandes nomes da música do Rio Grande já bolearam a perna por lá. Joca Martins (meu amigo) cantou e encantou com a musica Estância Velha, onde fala da decadência das mesmas, a lembrança que ficou. Guaxos, beleza de letra, fala das mães que negam o leite materno ao filho, guardando o seio pra servir de enfeite. Lembra dessa? O cunhado do roqueiro, sucesso no meio do povão. Essa é a Comparsa, festival pra lá de bom.

... Tá, mas e as festas?

Bah, buenissimas. O Filho da Lua é festa garantida. Mulher bonita é de ‘cacho’. Arruma as pilcha, lava bem as ‘baixeira’, te tapa de água de cheiro, mete uns pilas na guaiaca e te larga pras cacimbinhas.

... Quem? Tio Gerson Pires?

Ele mesmo, cidadão pinheirense há muito tempo, famoso por seu linguajar andejo, gostava de ‘terciar’ um ferro branco. Julgador de carreiras, era conhecido por sargento, isso nos tempos do Zé Guaraná, Renato Mussi, Dr. Airton Gorral, Dr. João Manoel, Tio Valdo Pires e outros carreiristas da época. Comprador de cavalos, talvez de tanto lidar com os mesmos, um belo dia saiu-se com essa pérola: Cavalo crioulo ou bagual, a bosta é sempre igual. É um fato de fato.

Desabamentos x Explosões

E querem copa do mundo. Onde anda a justiça que não mete na cadeia os responsáveis pela baderna que reina no país?

Comentários (0)





Fechar  X

Feovelha x Cacimbinhas




Enviado com sucesso!

Em breve, o Jornal Tradição
Regional entrará em
contato com vocé.

ok

Jotac

Arquivo

Publicidade

Publicidade



Jornal Tradição Regional - O elo da notícia até você.

Av. Imperador Dom Pedro I, 1886, sala 1 - Bairro Fragata - CEP: 96030-350 - Pelotas/RS

E-mail: jornaltradicao@jornaltradicao.com.br / Telefone: (53) 3281 1514

© Todos os direitos reservados