Quarta, 19 de dezembro de 2018, 06:42h


Publicidade

Tordilho
Sicredi

Este conteúdo precisa do Adobe Flash Player instalado.

Get Adobe Flash player


Newsletter

Jornal Tradição

Ano XII - Número 638 dezembro - 2018

Fechar X

Ano XII - Número 638

dezembro - 2018


Galerias

Publicidade

Especiais

Jornal Tradição

Caderno Agronegcio - Edio IV 2018/11

Receitas

Pssego Trufado

Assine


Home Colunistas

Buenas...

2014-08-14 Coluna do JC

Canguçu X Piratini

Esse caminho de roça até já esteve como asfaltado nos mapas do Daer, e hoje, de novo, está em petição de miséria. Linhas de ônibus foram suspensas. Só alguma carreta de bois para se arriscar por lá. No encontro dos piratinienses, conversei com o meu amigo Reginaldo Amaral e, por incrível que pareça, ele acha que agora vão asfaltar a dita cuja. O prefeito de Canguçu é do PT, o governador é do PT, e Piratini tem 17 assentamentos conseguiu eleger um vereador também do PT. Pura ilusão. O Daer não existe. O prefeito de Canguçu não tem força política para tanto, e o de Piratini não existe, é só no nome. E o vereador é do lado errado, portanto...

Burburinho de ideias

Nesses encontros grandes se vê de tudo, inclusive ideias para resolver velhor e calejados problemas do município de Piratini. Mas nada funciona. Saí dali e continua “tudo como antes no quartel de Abrantes”. Ideias novas assustam, é melhor deixar como está para ver como é que fica. E vamo que vamo...

Mal comparando...

...é como um velório. Se vende gado, troca-se carne, arrenda-se campo, fala-se mal dos vizinhos. A fulana está de sapato novo. Olha-se o vestido da sicrana. A beltrana está de beiço retamado de batom. Na verdade, o que menos importa é o defunto.

Longe do pago

Meu amigo Antônio, lá do Cancelão, hoje morando em Pelotas, no Terrasul, aliviando a saudade junto aos amigos em um churrasco a preceito, e para não fugir a regra, bem pilchado. Um abraço do Jotacê.

Saudade não se mata, se atenua

É um fato de fato. Ontem, no jantar Farroupilha, encontro dos piratinienses desgarrados, encontrei gente que há muito tempo não via, nem sabia por onde andavam. Companheiros de futebol, bailes magníficos na SRP, de pescarias, onde o que menos importava era o peixe, o importante era a chegada do Deus Sol, das noites fogosas da semana Farroupilha no velho 20 de Setembro, mais precisamente na Copa do Alfécio, onde a caipira era feita um dia antes e servida já fermentada, lingüiça de rodilha afarinhada, e de quebra, algum namoro, porque as gurias se assanhavam naquele entrevero todo. Não saiu nada, só abraços. E quem já passou por lá sabe o valor que ele tem. Quebrei o vidro dos olhos, mas não foi só eu. Muitos dos que ali estavam disfarçavam alguma lágrima teimosa. Muito obrigado meu amigo Deus, por mais esse momento mágico na minha vida.

Dia dos Pais

Todo dia é dia dele, de encrencas, contrariedade, de achar que ele não sabe das coisas, e mais tarde tu vai te dar conta que ele é o cara, estava certo. Ah, o tempo. É o melhor remédio. Eu andava de braços dados com o seu Nércio Pires, meu pai. Ia ajudá-lo a fazer seu “rancho”, onde sempre tinha um litro de vinho, radinho a meia espalda para saber das coisas do mundo. Farroupilha fanático, sabia tudo de política. Um dia ele quebrou meu enfezo ao dizer: esse homem que te prometeu serviço não vai cumprir, e mais, vai começar a liquidar com o teu Piratini. E não deu outra. Teimei, fui com eles, e o resultado é o que se vê. Cem anos de vida não é pouco e ele chegou lá. Sinto falta das nossas conversas, das nossas rusgas e das suas histórias. Sinto falta dele. Quando estava mal, cirurgia de coração, ele esteve comigo, e para quem o viu rondando o meu leito e perguntou como eu estava, se tinha partido, respondeu: o João tá doente, vim visitá-lo. Pai, te amo como sempre te amei.

Comentários (0)





Fechar  X

Coluna do JC




Enviado com sucesso!

Em breve, o Jornal Tradição
Regional entrará em
contato com vocé.

ok

Jotac

Arquivo

Publicidade

Publicidade



Jornal Tradição Regional - O elo da notícia até você.

Av. Imperador Dom Pedro I, 1886, sala 1 - Bairro Fragata - CEP: 96030-350 - Pelotas/RS

E-mail: jornaltradicao@jornaltradicao.com.br / Telefone: (53) 3281 1514

© Todos os direitos reservados