Quarta, 17 de janeiro de 2018, 16:03h


Publicidade

Festival Sesc
Sicredi
Sicredi

Este conteúdo precisa do Adobe Flash Player instalado.

Get Adobe Flash player


Newsletter

Jornal Tradição

Ano XII - Número 590 janeiro - 2018

Fechar X

Ano XII - Número 590

janeiro - 2018


Galerias

Publicidade

Especiais

Jornal Tradição

Caderno Especial de Natal 2017 2017/12

Assine


Home Colunistas

Buenas...

2013-02-01 Joo Luiz Baro, meu amigo!

E o vento vinha ventando, e nas asas do vento partiu o "dinossauro" do rádio, pessoa bueníssima, amigo dos amigos, inteligência rara. Trabalhou com o mestre NOEL GUARANI. As tardes de sábado ficaram enfadonhas, a voz do "trovão" que anunciava manchetes calou-se, ficou a saudade, a vida é assim. LUIZ CORONEL diz: A morte é um escarcéu tão violento, que o homem chega ao céu se enterrando chão adentro. É um fato de fato.

Tragédia anunciada

Duzentos e tantos jovens foram mortos dentro de uma sala de extermínio, vidas foram ceifadas graças a incompetência e desleixo de pseudo-autoridades que não tiveram o bom censo ou a capacidade de cumprirem a sua obrigação, o mínimo a ser feito e banir esses assassinos do trabalho e da sociedade, prá cadeia é certo que não irão.

Prá os que partiram...

Não há pandorgas no céu

Quando morre um menino, reza o vento a sua prece.

O destino fecha a porta e o dia não amanhece.

Quando morre um menino, se quebra a vida em pedaços.

As horas correm vazias, sem travessuras e abraços.

Quando morre um menino, choram as águas da sanga.

Amadurecem inúteis figos, melões e pitangas.

Quando morre um menino, a tristeza mata a fome.

E crescem ervas daninhas pelos caminhos de um homem.

Quando morre um menino, tem o pão gosto de fel.

A alegria sai de casa e não há pandorgas no céu.

Luiz Coronel.

Prá amenizar

- como se escreve zero em romano?

- se depois do banho estamos limpos porque lavamos a toalha?

- se os homens são todos iguais, porque as mulheres escolhem tanto?

- porque a palavra GRANDE é menor do que a palavra PEQUENO?

- porque SEPARADO se escreve tudo junto e TUDO JUNTO se escreve separado?

- porque quando a gente liga p/um número errado nunca dá ocupado?

- porque tem gente que acorda os outros para perguntar se estavam dormindo? (Uma homenagem ao humor do bascando. H.Bastos).

Ponte do Costa, até quando?

Mais uma tragédia, e aí? Mais um número na triste estatística da mal fadada ponte e de concreto só o da dita cuja. Mais 4 anos de 'FALÁCIAS PALACIANAS" promessas costumeiras de políticos incompetentes, que a pau e corda enxergam o bico da bota. No futebol tem uma máxima que diz quando o cara é ruim de bola: "Finge que se machuca e sai..." Quem sabe?

Pensionato e Pousada

Quartos individuais e coletivos; cozinha completa; churrasqueira; lavanderia; internet wireless; ambiente familiar e tranquilo; ótima localização, próximo da av. Bento Gonçalves, hospital São Francisco, Santa Casa e Fau; preços acessíveis. Ligue ou venha nos visitar. (53) 3025.1254 / (53)9157.6284 / 8432.1866, falar c/ MARCELO.

Comentários (0)





Fechar  X

Joo Luiz Baro, meu amigo!




Enviado com sucesso!

Em breve, o Jornal Tradição
Regional entrará em
contato com vocé.

ok

Jotac

Arquivo



Jornal Tradição Regional - O elo da notícia até você.

Av. Imperador Dom Pedro I, 1886, sala 1 - Bairro Fragata - CEP: 96030-350 - Pelotas/RS

E-mail: jornaltradicao@jornaltradicao.com.br / Telefone: (53) 3281 1514

© Todos os direitos reservados